Charbonnier, cartunista morto em atentado, ilustrou livro publicado no Brasil


Aproximadamente 60 cartuns do desenhista Stéphane Charbonier, morto no atentado à redação do jornal "Charlie Hebdo" na manhã do dia 7 de janeiro, foram publicados em um único livro no Brasil em 2013. Os desenhos fazem parte do título "Marx, manual de instruções" (edição digital aqui), de Daniel Bensaïd.

Os créditos da tradução e publicação da obra no Brasil vão para a Editora Boitempo, responsável também pelos livros de Slavoj Zizek. Bensaïd, falecido em 2010, foi um filósofo francês da linha marxista e um dos principais líderes das rebeliões estudantis de 1968.

As ilustrações foram feitas com exclusividade para o livro. Confira abaixo algumas.




Ficha técnica

Autor: Daniel Bensaïd
Ilustrações: Charb
Tradução: Nair Fonseca
Título original: Marx, mode d'emploi
Páginas: 192
Formato: 16.00 x 23.00 x 1.50 cm
Peso: 267 gramas
Ano de publicação: 2013
ISBN: 978-85-7559-346-2