Perseguição na Romênia comunista inspira romance de Herta Müller


Até o final da década de 80, a Romênia era um estado comunista, parte da União Soviética, governado por Nicolae Ceausescu. O regime sangrento durou de 1965 até 1989, e vitimou cerca de 60 mil cidadãos. Esse é o cenário no qual se desenvolve a trama da escritora alemã nascida na Romênia Herta Müller: A raposa já era o caçador.

A professora Adina e a operária Clara são amigas e convivem na mesma residência. O ponto de conflito se dá quando Clara se envolve com Pavel, um agente da polícia secreta, e ambas passam a desconfiar uma da outra. A deterioração de uma pele de raposa usada por Adina como adorno do apartamento representa a corrosão da amizade no romance.

A própria Müller, vencedora do Nobel de literatura em 2009, viveu os anos de chumbo na Romênia e sofreu perseguições políticas antes de deixar o país. Entratanto o país não a deixou: ela reconhece que seus romances são inspirados pela atmosfera de perseguição e investigações que motivaram sua fuga. Müller passou por quase 50 interrogatórios e teve várias amizades impactadas pelo clima de desconfiança entre os cidadãos durante o regime, pouco conhecido no mundo ocidental.

"O romance é formado por capítulos aparentemente independentes. Aos poucos o leitor vai compondo a história. Herta Muller não se atém apenas a narrar os acontecimentos, sua prosa é repleta de imagens e reflexões. A pele da raposa, mutilada aos poucos, adquire vários significados. O tom de ameaça, a casa invadida, um objeto pelo qual Andina tem afeto sendo, aos poucos, destruído."

A obra já está disponível no Brasil pelo selo Biblioteca Azul, da Editora Globo. O selo já lançou outras cinco obras de Herta Müller no Brasil: O rei se inclina e mata; Sempre a mesma neve e sempre o mesmo tio; Fera d'alma; Depressões; e O compromisso.

Sobre

Vencedora do Prêmio Nobel de Literatura em 2009, Herta Müller nasceu na Romênia em 1953. Poeta, ensaísta e romancista, formou-se em literatura romena e letras germânicas na Universidade de Timisoara antes de deixar o país por se recusar a colaborar com a Securitate, o serviço secreto do governo. Emigrou para a antiga República Federal da Alemanha e atualmente vive em Berlim.

Ficha técnica

Título: A raposa já era o caçador
Autora: Herta Müller
Tradução: Claudia Abeling
Gênero: Romance
Páginas: 240
Formato: 14 x 21 cm
Preço: R$ 39,90
ISBN: 978-85-250-5856-0
Editora: Biblioteca Azul