Ernesto Sabato morre aos 99 anos

Escritor argentino completaria 100 anos em junho; ele será homenageado na Feira do Livro da Argentina

O físico e literato argentino Ernesto Sabato morreu na manhã deste sábado (30) em sua residência, nos arredores de Buenos Aires. O seu corpo está sendo velado no Defensores Club de Santos Lugares, também na capital argentina.

De acordo com Elvira González Fraga, companheira com quem Sabato vivia desde 1998, a morte foi decorrente de uma bronquite que o acometeu há alguns dias.

Ele foi autor dos livros O Escritor e seus Fantasmas, Desculpas e Rejeição, The Tunnel, Sobre Heróis e Tumbas e Abaddon Destruidor. Sua biografia, intitulada "Antes do Final", foi publicada no final dos anos 90. O argentino ganhou o Prêmio Cervantes em 1984 e chegou a ser indicado para o Nobel de Literatura em 2007.

Em entrevistas, Sabato afirmava que a literatura o salvou do suicídio, que ele cheogu a tentar por duas vezes. Doutor em física, ele abandonou a ciência em 1945 para se dedicar exclusivamente à arte.

Sabato seria homenageado na Feira do Livro de Buenos Aires durante solenidade marcada para amanhã (1), às 18h30 (horário local). A organização do evento ainda não sabe se manterá a programação.